"Tornei-me insano, com longos intervalos de uma horrível sanidade" - Edgar Allan Poe

Seguidores

Siga

Siga

Postagens populares da semana

quinta-feira, 22 de março de 2012

Mil Anjos Mortos



Era um belo dia de sol, o verão estava super quente, hoje eu tenho certeza que estava uns 40° graus ou mais, não havia se quer uma nuvem no céu, o sol brilhava soberano e imponente como se nada pudesse tira-lo de sua posição privilegiada e quem sofria éramos nós meros humanos que quase derretiamos com o calor insuportável. Eu estava feliz finalmente tinha conquistado a mulher dos meus sonhos, depois de passar anos tentando ela finalmente cedeu ao meu amor, estava prestes a ganhar uma promoção no trabalho, tudo estava indo de vento em pompa finalmente.

Eu estava em casa fazendo o almoço pro meu amor, hoje era aniversário dela, consegui uma folga do trabalho pra preparar uma surpresa, fiz uma massa com um molho super delicioso e um vinho pra dar um clima, estava arrumando a mesa quando sinto um tremor, era um terremoto, mas era impossível aqui não tem terremoto, os tremores aumentaram e cessaram de repente, minutos depois minha namorada chegou assustada, minha estande havia caído junto com minha Tv e meus livros, a casa tinha virado uma bagunça e o almoço tinha ido por água a baixo, mas tudo ainda estava perfeito porque a mulher que eu amava estava no meu lado.

Enquanto ainda estávamos arrumando as coisas dentro de casa as coisas ficaram realmente estranhas, a temperatura começou a cair rapidamente de 40 pra 0 grau em um minuto, o céu que estava limpo e ensolarado se encheu de nuvens cinzas e carregadas, o frio parecia que estava dentro dos nossos ossos, raios e mais raios iluminavam o céu agora escuro, não estava chovendo mais a quantidade de raios era impressionante. Depois de um tempo começou a nevar, mas não era neve que caía do céu, eu e minha namorada saímos de casa apesar do frio extremo pra ver, e eram penas extremamente brancas que caiam do céu, que fenômeno seria esse, apesar de muito curioso pra saber eu também estava com certo medo de descobrir.

Estava acontecendo alguma coisa no céu, todos da vizinhança saíram de suas casa pra ver o fenômeno, parecia que explosões estavam acontecendo entre as nuvens, elas mudavam de cor como fogos de artificio quando houve uma explosão ensurdecedora vindo do céu, as penas brancas pararam de cair e se fez silêncio, começou a ventar muito forte e era um vento estranho vindo de cima pra baixo e nesse momento uma coisa muito pesada caiu em cima do carro de minha namorada.

 Era um homem que tinha caído do céu encima do carro, corremos pra socorrê-lo, e descobrimos que não era um homem comum, mas sim um homem com asas, um anjo. Ele me puxou pra perto dele e disse bem baixinho:

 - O céu foi tomado, mil servos do Senhor foram derrubados, Lúcifer está se vingando, as trevas tomaram tudo e todos, não há como escapar e a terra é o próximo objetivo dos filhos da perdição, ache Miguel por favor, ele esta na terra, leve essa espada ele saberá o que fazer.

CONTINUA...

2 comentários:

  1. George Von Landgruber28 de março de 2012 19:22

    O blog tem potencial, mas esse "seram" quando deveria ser "serão" logo no cabeçalho é de cair o cu da bunda.

    ResponderExcluir
  2. Valeu pela observação amigo, não tinha notado, mas errar é humano né, volte sempre.

    ResponderExcluir

LENDAS URBANAS

LENDAS URBANAS

Postagens populares

100.000

100.000

Página no Facebook