"Tornei-me insano, com longos intervalos de uma horrível sanidade" - Edgar Allan Poe

Seguidores

Siga

Siga

Postagens populares da semana

domingo, 27 de março de 2011

Conto Extra (+18)


A Minha Amada e Macabra Professora

A escola Aparecida Borges é famosa por sua rigidez educacional e suas professoras de alto nível, sua diretora Abigail Ludwig Schneider era uma alemã linha dura que não dava descanso pro alunos. Tereza Vetter era umas das professoras mais rígidas da escola, todos os alunos tinham medo dela, pois na escola havia boatos que ela maltratava os alunos.

 Tereza sempre escolhida os seus alunos preferidos e gostava de humilhar os outros, Robson era um desses alunos que ela gostava de humilhar, mas ele não se importava, pois ele tinha uma secreta atração por ela. Tereza tinha um corpo perfeito, seios fartos e empinados, cintura fina, coxas grossas e uma bunda maravilhosa redonda e grande, ele por vezes imaginava o seu pênis preenchendo toda aquela bunda quente e macia, e sonhava quase todas as noites em beijar aquela boca carnuda que o fazia ir à loucura.

Uma certa vez em que Tereza o xingava por ter feito uma besteira, ela se abaixa pra pegar uma caneta e ele pode ver pelo seu decote os seus grandes seios, ficando com o seu pau duro na hora e para o seu pânico Tereza havia percebido. Robson pedi pra ir ao banheiro, e fica lá pensando o que poderia lhe acontecer até que a porta se abre e Tereza entra no banheiro, sem reação Robson fica paralisado, Tereza se aproxima e o beija intensamente, com a mão ela acaricia o seu pau, ela se ajoelha e começa a fazer sexo oral nele até ele gozar na sua boca, ela se limpa e vai embora sem dizer uma palavra.

Durante todo o resto da aula Robson não conseguiu se concentrar em nada, ele só pensava naquele momento com sua querida professora, com o sinal de fim de aula Robson se apressa pra ir embora, quando ele ia saindo pra pegar o ônibus, um carro o para na sua frente, era Tereza que o convida pra ir à sua casa.

Eles não demoraram pra chegar na casa de Tereza, ela oferece chá e bolachas, mas Robson não aceita, Tereza então vai até o seu quarto e volta minutos depois nua com um chicote na mão. Robson fica um pouco assustado com o chicote, mas o corpo de sua professora era incrível, homem nenhum resistiria à tentação daquele corpo perfeito e voluptuoso. Ela manda-o tirar toda a roupa e pedi pra ele bater nela com o chicote, eles transam como animais, Tereza parecia estar possuída, chupava, gemia alto, dava tapas e gozava intensamente.

Robson estava tranquilo até esse momento, até que Tereza trás uns brinquedos, ele fica assustado, mas Tereza pede pra ele relaxar, ela leva até ele um álbum de fotos, Robson começa a olhar o álbum e vê as fotos mais perturbadoras da sua vida, Tereza transando com vários homens ao mesmo tempo, transando com animais, cachorros e até cavalos, masoquismo sexual dos mais pesados. Robson tenta se levantar do chão pra ir embora daquela loucura, mas Tereza havia prendido o seu braço com uma algema no sofá. Ela prende a sua outra mão e seus pés e começa a pegar os seus brinquedinhos, ela começa com uma vela acessa derramando a cera quente sobre o peito de Robson e depois lambendo com a língua, Robson grita de dor quando ela passa a cera no seu pau.

Tereza trás um enorme vibrador de ferro e enfia na bunda de Robson e o beija, Robson estava chorando de dor, desesperado ele tenta se soltar em vão, Tereza percebe a sua agonia e diz: - Você não tinha tesão por mim, agora aguenta a sua querida e macabra professora. Ela pega um cacetete de policial e começa a bater em Robson e a se bater, depois de alguns minutos ela para, e começa a se masturbar violentamente no chão até gozar gritando alto. Ela passa a mão no meio das pernas e vai até Robson e passa a mão na sua boca e o solta logo depois. Robson muito assustado e com o corpo todo dolorido pega as suas roupas rapidamente e promete nunca mais olhar pra sua professora Tereza.

Um comentário:

  1. ainda bem que eu ñ quero ser professora e nem tenho uma asim pelo menos eu acho kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

LENDAS URBANAS

LENDAS URBANAS

Postagens populares

100.000

100.000

Página no Facebook